quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Primeiras reacções ao terceiro ano

A primeira semana foi calma, aliás, até já acabou e eu estou de volta a casa. Apenas duas apresentações e duas aulas de farmacologia preencheram esta semana. Foi uma forma leve de iniciar aquele que é conhecido como o pior ano do curso.

A partir de agora vai ser a doer, com muitas aulas, muitos testes, muita coisa para fazer e, sobretudo, estudar. Dizia-nos ontem a coordenadora durante a apresentação: "Meus senhores, o terceiro ano não é o bicho de sete cabeças que os vossos colegas vos pintaram... Mas é duro. Vai ser duro. Preparem-se.", tudo isto com uma voz muito sombria, que se esfumou no minuto seguinte quando nos deu uma receita de sopa, que nós nesta fase do campeonato vamos precisar de uma excelente nutrição, diz ela. Ainda foi simpática o suficiente para dizer que a receita que colocou no powerpoint era muito elementar, e até os caloiros do primeiro ano a conseguiriam fazer. Acrescentou ainda "Mas se os senhores quiserem cozinhar algo mais rebuscado, enfim, eu posso perfeitamente fornecer-vos mais algumas receitas com todo o gosto! Não podem é ser muito demoradas que os senhores não têm tempo para grandes cozinhados porque vão ter muito que estudar". A senhora tem umas piadas muito curiosas. Um dia destes ainda lhe ofereço um guisado.

Aproveitei estes dois dias para passear pelo monte e subir até à Serra da Estrela, apenas para concluir que não conheço nada daquilo e é verdadeiramente triste que seja o meu terceiro ano lá e não saiba sequer ir para o centro da cidade. Adiante.

Já gastei quase a mesada toda do mês de Setembro em livros e fotocópias, por isso podemos considerar que as coisas começaram bem. Insiram a ironia aqui.

Consegui realizar auto-controlo e estou estranhamente calmíssima, com o estudo organizado e sem grandes stresses. Este ano tenciono que corra ainda melhor que o segundo ano, que correu bastante bem e superou as minhas expectativas. Se, por ventura, nada disto acontecer e eu entrar em modo de destruição cerebral, pelo menos tenho o hospital psiquiátrico anexado à faculdade. Nem tudo é mau.


10 comentários:

  1. O (nosso) terceiro ano irá ser bom. Para ti, ainda falta mais uns anitos, mas para mim está na recta final... Tudo correrá bem, se assim trabalhar-mos!
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  2. A partir daqui é sempre a abrir, vais ver :P

    ResponderEliminar
  3. Tenho a certeza que tudo vai correr bem, com dedicação e trabalho tudo se consegue! O importante é sempre ter pensamento positivo :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  4. Vai correr bem, SM! Como a minha mãe me diz sempre: "Se os outros conseguem, tu também consegues!". Adorei a tua consideração final (as últimas duas frases)... hahah ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, e estás destacada para um desafio no meu blog. :P

      Eliminar
  5. A partir daí vai correr tudo bem, vais ver que sim!
    Boa sorte!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Adorei os conselhos culinários xD
    Parece-me que temos as duas coordenadores de curso todos porreiraços :P
    Vai correr bem, e quando não correr basta respirar fundo, relaxar, fazer uma sopinha, deliciar-se com um bom prazer culinário, e aceitar, por muito que custe, que a vida é assim :)

    Boa sorte para tudo, however, se o espírito e a mente estiverem calmas já é meio caminho andado :) beijo grande

    ResponderEliminar
  7. então novas notícias??

    ResponderEliminar
  8. Já estou de volta! :) Mil desculpas desde já.

    ResponderEliminar